Quarta, 22 de maio de 2019

SERPROS divulga tabela de reajuste dos assistidos

A importância da vacina contra a gripe

=> Campanha anual de imunização, que começou no dia 10 de abril e se estende até o final de maio, ainda tem baixo número de atendidos

No ano de 2019 comemoram-se os 20 anos do início das campanhas de vacinação contra o vírus da gripe (influenza), mas o Ministério da Saúde não tem muito o que comemorar. Desde o início da campanha, no dia 10 abril, o número de imunizados está abaixo do esperado. Esse quadro desperta um cenário de preocupação, pois a vacinação continua sendo imprescindível para proteger a vida de idosos, crianças pequenas e pessoas com a saúde mais debilitada.

Para especialistas, o que leva alguns a não se imunizarem é pensar que as gripes são doenças comuns, inofensivas. Essa ideia pode, entretanto, ser facilmente combatida com alguns números oficiais: segundo o ministério da saúde, a gripe predominante no Brasil, a H1N1, já registra 192 casos graves e 47 óbitos ao redor do país. Dentre os mais afetados estão os idosos, que somam quase 75% dos casos de morte por gripe registrados. Segundo a médica da família Lara Calixto, isso acontece porque a imunidade desse grupo é naturalmente mais baixa e o organismo muitas vezes não consegue lutar contra o vírus.

Outra questão importante e que deve ser lembrada é que os vírus passam por mutações durante o período de um ano. Isso significa, portanto, que a imunização do ano anterior não protege das novas gripes anuais. Este ano, por exemplo, o vírus H1N1 se manteve o mesmo de 2018, mas o H3N2 e o tipo B foram alterados em relação à versão anterior da vacina.

Embora a campanha desse ano se estenda até o dia 31 de maio, médicos recomendam que os pacientes se adiantem e procurem logo os postos de saúde para serem imunizados antes da chegada do inverno. Com isso, terão um período maior para que o corpo reaja à vacinação e se proteja contra os vírus, antes da chegada da estação mais propícia para a contaminação. Além disso, é importante sempre lembrar das medidas gerais de proteção, como lavar constantemente as mãos e evitar lugares muito cheios com pouca circulação de ar.

Quer saber mais sobre a campanha?
Confira, aqui, todas as informações oficiais  e não perca tempo, imunize-se! Cuidar da saúde é zelar pela vida.

13/05/19

Parabenize os aniversariantes da semana